Arquivo da tag: Compulsão Alimentar

Assumindo meus erros

Acho que esse é o post mais difícil que eu já fiz. E olha que muitas mulheres com o balão que eu conheci no orkut, usam fakes. Acho que ainda existe vergonha e preconceito. Mas não é isso que eu gostaria de falar.

Quando eu comecei o blog tive um pouco de reticências quando a expor meu peso e meus obstáculos. É difícil dizer que se pesa esse ou aquele peso. Mas superei isso, e estou feliz de poder falar dessas coisas sem tanto problema.

Porém, tem uma coisa que eu nunca tinha enfrentado antes, a COMPULSÃO ALIMENTAR.

Estou escrevendo assim em letras bem grandes, pois é um problema igualmente grande. Até ontem eu nunca tinha admitido sofrer isso, acreditando piamente que um exagero ou outro não eram uma coisa assim tão ruim. Cheguei a falar para o dr. Felipe que eu não sofria desse mal, e que não teria problemas em ter alguma crise.

Minha mãe sempre diz que ser gorda é como ser alcoólatra e eu sempre interpretei isso como uma metáfora e nunca de forma literal. Olhava como até um exagero da parte dela, pois no alcoolismo a pessoa não consegue se conter e sofre uma grande dependência química.

Minha opinião mudou ontem.

Eram umas 4 da tarde e eu comecei a sentir uma dor muito intensa no estômago. Eu relatei isso no twitter e tudo o mais, enfim… senti a dor até chegar em casa e durante toda a noite. Não conseguia nem mesmo tomar água sem sentir ânsia de vômito. Tentei ligar para o dr. Felipe, mas não conseguia me focar, nem tentar direito. Foi quando aconteceu.

Senti uma vontade imensa de comer. Eu tremia, chorava. E sabia que não era de dor, mas sim, uma necessidade incontrolável de comer. Como uma pessoa com dor, sem conseguir tomar nem água, sente necessidade de comer um lanche? Eu queria comer um lanche do McDonald’s, com bastante queijo, molho, carne.

Por instantes eu tive a impressão que poderia quebrar tudo em casa, bater na parede, xingar, brigar, pela necessidade de ingerir aquela combinação de coisas. E eu finalmente olhei para mim e para a minha vida.

Enxerguei diversos momentos em que eu estava bem, comendo de forma controlada, aí acontecia algo que me deixava triste, ou estressada e eu tinha crises em comer uma quantidade enorme de comida. Eu me lembrei de comer muitos mais pedaços de pizza que conseguia aguentar, apenas pela sensação de enfiá-los pela boca.

Por algum motivo esses momentos estavam apagados na minha mente, ou não tinham a importância que deveriam na minha memória.

Ontem por alguns momentos eu achei que iria morrer ali, ou tirar o balão pela boca, ou abrir minha barriga pra tirar na marra. Não sei se alguém que vai ler isso já passou por alguma desintoxicação, ou já foi viciado em alguma substância. Mas ontem eu senti como se eu fosse, e no fundo eu sou.

Não… não no fundo, bem na frente mesmo. E acho que só eu não conseguia ver isso.

Então eu tive medo, lembrei que a minha glicose estava no limite, que posso ter problemas ainda maiores no futuro. Mesmo todos os problemas do mundo a superar, compensam a minha saúde? Um prazer momentâneo compensa tudo que vem com isso?

Não comi, antes que me perguntem, aguentei. Mas por muitos momentos, achei que não aguentaria. E uma próxima vez?

Isso eu não sei dizer, mas sei que quero controlar, mas sei que eu não quero mais ser assim.

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em diário, Emocional