Arquivo da tag: balão intragástrico

Indo trabalhar

Acordei animada.

Deixei de pré-aviso meus chefes da minha condição de talvez não vir na segunda-feira. Que dependeria do meu ânimo e tal. A dr. Liliam me disse que na segunda eu não estaria mais enjoada e ela acertou.

Acordei morrendo de vontade de vir trabalhar. Afinal, ficar em casa apenas, já estava me dando uma angústia.

Estava super reticente ao tomar banho, me vestir… queria fazer tudo isso devagar, pra não me dar ânsia. Porém, não senti nem dor nem ânsia. Acho que poderia ter feitos as coisas até mais rapidamente. Tava com aquele medinho do ônibus também, de ficar chacoalhando e tal, mas foi super tranquilo.

Durante dois momentos eu senti um pouco de tontura, mas nada grave.

É interessante ficar olhando no relógio e contando os momentos em que preciso me alimentar. Isso não era um hábito. As vezes eu passava horas sem comer nada, pulava refeições, só por que eu esquecia. Estou aprendendo muitas coisas, afinal de contas.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em diário, Eu e o balão, primeiro mês, Trabalho e rotina

Um sábado qualquer…

(Título plagiado do blog Um Sábado Qualquer do super simpático, Carlos Ruas)

Hoje eu não quero postar fotos. Nem postar muito.

Não acordei bem, estou com um pouco de mau-humor. Não estou conseguindo tomar líquidos de meia em meia hora, eu me sinto cheia demais e me dá ânsia logo em seguida. Consegui tomar desde ontem duas doses de 50ml de isotônico. Das outras vezes eu vomitei, não foram muitas tentativas.

A dra. Liliam recomendou que eu tomasse pedialyte, intercalada com água e isotônico.

Meu estômago se contrai de tempos em tempos e eu sinto uma dor aguda. Mas logo passa. Estou tomando os remédios para dor, mas essa em especial está difícil de passar.

Uma dica, nos dois primeiros dias: é bom não ficar fazendo movimentos bruscos, o balão mexe no estômago e causa vômitos. Levantar rápido, virar rápido na cama e coisas assim. Ainda bem que o Felipe tá aqui me ajudando.

Desculpa as poucas palavras. Amanhã eu conto mais o que rolou.

1 comentário

Arquivado em Eu e o balão, o começo

É Hoje!

12 horas de jejum, as últimas 4 horas em jejum total.

Tem como dizer para não ficar ansiosa?

Bom, ontem eu estava ansiosa, mas não acho que de uma forma boa. Estava com um aperto no peito. Que passou logo que falei com as médicas lá na ENDOdiagnostic.

Hoje também estou um pouco ansiosa, mais como uma vontade de fazer logo o procedimento. Não estou com um aperto no peito nem nada. Estou com um pouco de sede, devo confessar, mas nada demais.

Nesse momento não sei se será fácil ou difícil me adaptar, mas o mais importante é que me sinto preparada para fazer, e aguentar depois qualquer incômodo. Mas faço por que acredito que o incômodo vai ser muito menor que os benefícios.

Vou tentar gravar algo ou tirar fotos de lá.

1 comentário

Arquivado em diário, o começo